PATÚ: Prefeito desobedece lei orgânica, número de servidores terceirizados supera efetivos

A cidade de Patú, médio oeste do estado, atualmente administrada pelo prefeito Rivelino Câmara(MDB) segue aparelhando a sua estrutura política através da administração municipal com finalidades estritamente politiqueira cujo as intenções maiores são as eleições municipais desse ano.

Prefeito de Patu Rivelino Câmara(MDB)

De acordo com dados levantados pelo blogueiro Aluízio Dutra através do blog Folha Patuense, a folha de pagamento do município no mês de novembro de 2019, registra o pagamento de salários a 646 servidores. Desse total, mais da metade são cargos de contratos terceirizados e comissionados.

Os números apontam uma grande disparidade entre o número total e os cargos efetivos, servidores contratados através de concurso público.

Contratados: 325 ——————> 50,3%.
Concurso Público 236 ————-> 36,5%.
Cargos em Comissão 85———–> 13,2%.

Ou seja, Mais da metade dos servidores contratados não foram através de concurso público.

De acordo com a denúncia, o atual gestor do município vem desobedecendo a lei orgânica. A cidade não realiza concurso público há vários anos.

Nós queremos saber a sua opinião sobre o conteúdo dessa matéria. Faça o seu comentário, compartilhe essa informação e siga nossas redes sociais.

Posts relacionados