11 de agosto de 2022

Petrobrás reduz preço do diesel em 20 centavos a partir desta sexta-feira, dia 5 de agosto

A Petrobras anunciou uma redução de 3,5%, na média, nos preços do diesel vendido pela companhia às distribuidoras. É a primeira vez que a companhia cortar os preços do derivado em 15 meses, nas refinarias.

A partir de amanhã (5/8), o preço do combustível da estatal cairá 20 centavos, de R$ 5,61 para R$ 5,41.

Considerada a mistura obrigatória de 90% de diesel fóssil e 10% de biodiesel para a composição do produto comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 5,05, em média, para R$ 4,87 a cada litro vendido na bomba, segundo a empresa.

Esta é a primeira redução dos preços do diesel da Petrobras sob a gestão de Caio Paes de Andrade — que assumiu o comando da estatal há menos de 40 dias.

Nesse período, a petroleira já reduziu duas vezes o preço da gasolina. Além disso, a partir deste mês, cortou:

  • em 2,6% os preços do querosene de aviação (QAV);
  • em 5,7% os preços da gasolina de aviação (GAV);
  • e em 4,5% os preços do asfalto.

Nesses três últimos casos, tratam-se de ajustes mensais previstos em contrato com as distribuidoras.

A Petrobras estava há 47 dias sem mexer nos preços do diesel. No último ajuste, em 18 de junho, havia aumentado em 14,25% o preço do derivado nas refinarias.

Em nota, a petroleira destacou que a redução do diesel “acompanha a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel”.

A Abicom, que representa os importadores privados de combustíveis, estima que a Petrobras havia fechado o dia, ontem, praticando preços 46 centavos (9%) acima da paridade de importação.

Com informação da EPBR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *