25 de setembro de 2021

“Brincadeira de mau gosto”, teria sido a causa da morte do MC Kevin

MC Kevin morreu neste domingo (Foto: Reprodução)

O cantor Kevin Nascimento Bueno, conhecido como MC Kevin, aos 23 anos, caiu do 5º andar de um hotel na Barra da Tijuca no Rio de Janeiro-RJ. O músico havia sofrido um acidente enquanto estava hospedado em um hotel junto com sua mulher e equipe para uma apresentação ocorrida na véspera de sua morte, em uma casa de shows em Vila Valqueire, na Zona Norte do Rio. Segundo a Prefeitura do Rio, o evento era ilegal e não tinha autorização para ser realizado. 

A versão de uma das testemunhas aponta para um acidente ocorrido em meio a uma “trolagem”, espécie de brincadeira de mau gosto. É o que contou Anny Alves, passista e musa da escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi, em suas redes sociais.

O que poderia ter acontecido no acidente que causou a morte do funkeiro MC Kevin foi descrito em seus stories no Instagram. Anny diz que alguns amigos do funkeiro fizeram uma “brincadeira de mau gosto” e trancaram o artista em um quarto de hotel cheio de mulheres. Em determinado momento, alguém teria batido na porta desse quarto e Kevin ficou desesperado acreditando ser sua esposa, o que teria feito o artista pular para o andar de baixo, causando sua queda. Ele havia se casado há duas semanas.

Outra testemunha-chave que foi escutada pela polícia confirma esta versão. A modelo Bianca Domingues relatou à polícia que estava no quarto 502 de um hotel na orla do Rio de Janeiro, quando o MC Kevin caiu e morreu. A modelo e o funkeiro Victor Elias Fontenelle relataram ter mantido relações sexuais no quarto e, depois, Bianca teria ido fazer o mesmo com Kevin na varanda. Receoso de que sua mulher chegasse, ele teria tentado pular para o apartamento de baixo, se desequilibrando e caindo.

Ao delegado, eles afirmaram que Mc Kevin e Vitor estavam passeando no calçadão e conheceram Bianca em um quiosque, na tarde de domingo, dia 16. Os três seguiram para a suíte. Segundo os depoimentos, um terceiro amigo, que também trabalhava na produção dos shows do cantor, tentou entrar no quarto, mas teria sido impedido por Kevin e Victor.

A mulher do artista, a advogada Deolane Bezerra, que estava hospedada no quarto 1302 do mesmo hotel, procurava pelo marido através de ligações e mensagens, mas não chegou a deixar o apartamento. Eles haviam discutido na volta de uma festa na casa do funkeiro PK Delas após o show. “Depois dessa discussão, a Deolane foi para o quarto em que estava hospedada com ele e não saiu de lá. Ela o procurou, mas apenas por meio de telefone. O que se sabe é que em nenhum momento ela saiu do quarto”, contou uma fonte da polícia. 

A 16ª Delegacia de Polícia Civil, na Barra da Tijuca, abriu inquérito para apurar as circunstâncias da morte do MC Kevin. A unidade é a mesma que investigou a morte do menino Henry Borel. As investigações estão a cargo do delegado Henrique Damasceno, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca). Entre a madrugada de sábado e a noite de segunda, a polícia já tinha ouvido oito testemunhas. A polícia descartou a primeira informação de que o artista teria tentado pular na piscina do hotel, mas acabou batendo com a cabeça. Kevin caiu de uma altura de quase 20 metros. 

O corpo do artista foi periciado no Instituto Médico-Legal e imagens de segurança do hotel requisitadas, além de agentes identificarem testemunhas do ocorrido. A Polícia Civil apreendeu os celulares de todos os envolvidos. Os exames realizados no local onde o artista caiu devem ficar prontos ainda nesta terça. A polícia pediu exames para saber se houve uso de drogas e bebidas alcóolicas. 

Vídeo

Uma testemunha filmou a movimentação no hotel em que Kevin estava após o acidente. Nas imagens, é possível ver os socorristas em ação.

No sábado (15/5), o funkeiro se apresentou em uma balada e compartilhou momentos do show.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *