30 de novembro de 2021

Chega ao Brasil vacina Janssen, primeira do tipo dose única no país

Vacinas contra Covid-19 da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson – Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket/Getty Images

Um carregamento de 1,5 milhão de doses chegou ao Brasil na manhã desta terça-feira. Este é o 1º lote de um carregamento de mais de 3 milhões, conforme anunciou o Ministro da Saúde dr Marcelo Queiroga.

Foi firmado contrato de 38 milhões de doses firmado entre o Governo do Brasil e a Johnson & Johnson. As doses previstas em contrato tiveram desconto de 25%, resultando em economia de R$ 480 milhões.

Até a última semana, o Ministério da Saúde esperava receber um primeiro lote com 3 milhões de doses, mas na quinta-feira (17), o ministro informou sobre o pequeno atraso por causa de “questões regulatórias” dos Estados Unidos.

O lote é encaminhado, após liberação, a um centro de distribuição em Guarulhos-SP, de onde a vacina será enviada aos demais estados brasileiros.

Foto: Panorama do Estado

A chegada das doses da Janssen impacta nas estratégias de vacinação de todo o país. Isto porque os lotes têm prazo de validade até agosto.

A validade inicialmente considerada pelo governo federal era de até 27 de junho. No entanto, uma avaliação técnica da Anvisa identificou que os imunizantes podem ser utilizados até 8 de agosto, desde que armazenados em temperatura de 2° a 8°C.

A agência de regulação sanitária norte-americana (FDA) também já havia prorrogado a validade das doses da Janssen de três meses para quatro meses e meio.

A vacina da Janssen é dose única e tem 85% de eficácia, após 28 dias da data da aplicação na prevenção da forma severa da Covid-19 em todas as regiões nas quais o estudo foi promovido.

Como o imunizante é aplicado em dose única, uma aplicação da vacina da Janssen equivale a duas doses das demais vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil (Pfizer, CoronaVac e AstraZeneca).

Primeira dose para todos até setembro

Segundo o ministro da Saúde, em julho chegarão mais 40 milhões de vacinas no país, e para agosto e setembro a expectativa é de 60 milhões em cada um desses meses. 

Pelos cálculos de Marcelo Queiroga, portanto, a previsão é de mais 160 milhões de doses até setembro.

De acordo com ele, o quantitativo permite afirmar que toda a população vacinável – ou seja, acima de 18 anos – estará vacinada com a primeira dose até setembro deste ano. 

Queiroga também já reafirmou que todos brasileiros adultos serão vacinados com as duas doses até dezembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *