22 de outubro de 2021

CPI DA COVID (vídeos) Deputados paraibanos participam de audiência e denunciam desvio de recursos no Consórcio Nordeste

1 DE OUTUBRO DE 2021

Os deputados Cabo Gilberto (PSL) e Wallber Virgolino (Patriotas) participaram, essa quinta (dia 30), em Natal, de uma das sessões da CPI da Covid, instalada na Assembleia do Rio Grande do Norte.

A CPI apura desvio de recursos da Covid, especialmente do Consórcio Nordeste, do qual fazem parte nove Estados da da região. O deputados da CPI receberam mais de 3 mil páginas de documentação de investigação referente ao Consórcio.

Um dos motes das investigações foi exatamente a compra de 300 respiradores à empresa HempCare, que nunca foram entregues, e causou um rombo de R$ 48,7 milhões as cofres públicos.

Cabo Gilberto – Em sua participação, o Cabo Gilberto condenou a CPI instalada no Senado e defendeu a CPI da Assembleia que investiga o governo do Estado: “O Consórcio roubou o dinheiro do povo do Nordeste.”

E pontuou: “O Consórcio Nordeste gerou e ainda gera muitos prejuízos aos 9 estados da região e à União. A CPI instalada nessa Casa representa o estado brasileiro. Todos queremos saber onde está o dinheiro. Todos queremos saber por que tantas pessoas morreram.”

Wallber – O deputado Wallber Virgolino disse à CPI que não tem provas de crimes cometidos pelos participantes do Consórcio Nordeste, mas que há indícios muito fortes de irregularidades: “É impossível se passar essa quantia de dinheiro sem envolvimento culposo ou doloso de pessoas do primeiro escalão dos governos.”

Relator do PT – O deputado Francisco (PT), relator da CPI questionou os parlamentar, e tentou rebater as suas falas: “Deputado, o senhor se indignou com as mais de 7 mil mortes aqui do Estado, é justo nos indignarmos com qualquer uma, mas aqui ninguém falou mas mais de 600 mil que ocorreram no Brasil.”

Presidente – Já o deputado Kelps Lima, presidente da CPI, afirmou que há indícios fortes da ocorrência de fraude na operação com possível envolvimento de membros do Consórcio. Kelps Lima acredita que a CPI chega em um dos momentos mais importantes, que é a investigação sobre esse contrato.

“O Rio Grande do Norte foi roubado. A empresa roubou R$ 5 milhões e vamos apurar quem são os responsáveis, nessa fase que é uma das mais importantes da comissão”, disse o deputado.

Gabas – Para a próxima semana está previsto o depoimento presencial do secretário-executivo do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas.

Blog do Helder Moura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *