22 de outubro de 2021

Doria admite que pode desistir de candidatura para unir “3ª via”

Governador de São Paulo afirmou ainda que não está na política “por um projeto pessoal” 

Doria em entrevista ao programa Amarelas On Air, da Veja Foto: Reprodução/Veja

No que já aparenta ser uma mudança de discurso, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que pode abrir mão de sua candidatura à Presidência da República em 2022 em prol da união por um nome da chamada “3ª via”. Ao programa Amarelas On Air, da revista Veja, exibido na segunda-feira (4), Doria disse não estar na política “por um projeto pessoal”.PUBLICIDADE

– Sou um patriota acima de tudo. Não estou na política por um projeto pessoal. Se ficarmos fracionados, não teremos uma 3ª via. Teremos Lula ou Bolsonaro sucedendo a esse governo, o que seria um desastre. Todos nós que somos pré-candidatos temos que ter a disposição, a humildade de abrirmos mão, se necessário, em torno de um nome que pode ser vencedor – disse.

Na entrevista, o governador de São Paulo afirmou que, caso perca as prévias tucanas que irá decidir o candidato do PSDB para a Presidência, não irá sair do partido. O paulista enfrenta o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Na conversa, Doria também descartou se candidatar para um novo mandato como governador.

O gestor paulista ainda declarou que, caso ganhe a prévia tucana, apresentará uma proposta de governo liberal e “social democrata”. De acordo com ele, não é possível o Brasil ter um governo completamente liberal e é preciso olhar para a população mais vulnerável

Pleno News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *