7 de dezembro de 2021

CPI da Covid inclui mais 10 nomes no relatório final e chega a 78 indiciados

O vice-presidente da CPI da Covid, Randolfe Rodrigues, afirmou na última segunda-feira (25/10), que ocorreu uma inclusão de mais dez nomes entre os pedidos de indiciamento que constam no relatório final do senador Renan Calheiros.

O grupo majoritário de integrantes da CPI da Covid, conhecido como “G7”, formado por senadores de oposição, foram eles que incluíram mais 10 novos nomes do relatório final. Com isso, o número de indiciamentos propostos pelo colegiado deve chegar a 78.

Essas motivações dos novos pedidos, segundo Randolfe, foram pela negociação da vacina Covaxin, da vacina da Davati e pela disseminação de fake news. Foram citados os nomes do coronel Helcio Bruno e do reverendo Amilton Gomes.

Temos mais dez, totalizando 76 pedidos de indiciamento, com duas empresas, que também foram indiciadas e constavam na primeira versão do relatório. Temos 78 pedidos de indiciamento.

Randolfe Rodrigues

Senadores de oposição também decidiram que na tarde de hoje (26/10) será votado um requerimento em plenário para que seja pedido ao Supremo Tribunal Federal, em ação endereçada ao ministro Alexandre de Moraes, que o presidente Jair Bolsonaro seja banido ou suspenso das redes sociais.

Vista Pátria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *