7 de dezembro de 2021

Bolsonaro confirma a apoiadores sua filiação ao PL

O presidente Jair Bolsonaro confirmou na noite de hoje (8/11), em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, sua filiação ao PL para disputar as eleições de 2022.

“Talvez saia essa semana”, disse o chefe do Executivo após ser questionado por um simpatizante sobre a data de entrada no novo partido.https://googleads.g.doubleclick.net/pagead/ads?client=ca-pub-9306856712405846&output=html&h=312&adk=1340379730&adf=3464794936&pi=t.aa~a.1315877077~i.6~rp.4&w=375&lmt=1636474002&num_ads=1&rafmt=1&armr=3&sem=mc&pwprc=5433192819&psa=1&ad_type=text_image&format=375×312&url=https%3A%2F%2Fvistapatria.com.br%2Fbolsonaro-confirma-a-apoiadores-sua-filiacao-ao-pl%2F&flash=0&host=ca-host-pub-2644536267352236&fwr=1&pra=3&rh=269&rw=322&rpe=1&resp_fmts=3&sfro=1&wgl=1&fa=27&dt=1636474002250&bpp=6&bdt=1080&idt=-M&shv=r20211103&mjsv=m202111040101&ptt=9&saldr=aa&abxe=1&cookie=ID%3D1aaba6fba0f15b97-224d2f144c7b0023%3AT%3D1636386868%3ART%3D1636386868%3AS%3DALNI_MYip_mx7EDmKlOy60hhKk_iRIotfg&prev_fmts=0x0%2C375x94&nras=3&correlator=3559532067427&frm=20&pv=1&ga_vid=1061345583.1633530762&ga_sid=1636474001&ga_hid=1814418417&ga_fc=1&u_tz=-180&u_his=9&u_h=667&u_w=375&u_ah=667&u_aw=375&u_cd=32&adx=0&ady=1076&biw=375&bih=553&scr_x=0&scr_y=180&eid=44752093&oid=2&pvsid=178248100308409&pem=773&ref=https%3A%2F%2Fvistapatria.com.br%2F&eae=0&fc=1408&brdim=0%2C0%2C0%2C0%2C375%2C0%2C375%2C667%2C375%2C617&vis=1&rsz=%7C%7Cs%7C&abl=NS&fu=128&bc=31&ifi=3&uci=a!3&btvi=2&fsb=1&xpc=JFM6k7suAk&p=https%3A//vistapatria.com.br&dtd=63

E acresentou: “Na quarta-feira, terei a última conversa com a sigla. Irei conversar com o Valdemar para, em seguida, marcar a data do casamento”.

Entretanto, o partido do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, o PP era a legenda favorita para abrigar Bolsonaro, mas acabou perdendo para o PL por duas razões.

Vale ressaltar que, o senador Wellington Fagundes, que se reuniu hoje com Bolsonaro, sinalizou com a possibilidade de a legenda liberar os diretórios estaduais.

O Brasil é muito grande, temos muitas diferenças regionais e, claro, vivemos um pluripartidarismo. As eleições não serão verticalizadas, isso permite que facilite arranjos nos estados, porque temos que pensar em eleição no segundo turno.

Afirmou o parlamentar

Vista Pátria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *