22 de outubro de 2021

Laura Berquó é absolvida em ação movida por Ricardo Coutinho por ter defendido Pâmela Bório

6 DE OUTUBRO DE 2021

Facebook
fb-share-icon
Twitter
Tweet

A advogada Laura Berquó acaba de ser absolvida em mais uma ação movida contra ela por Ricardo Coutinho. O ex-governador processou Laura após a advogada ter se solidarizada com a ex-primeira-dama Pâmela Bório, por vazamentos de fotos íntimas de seu celular, após ter denúncia agressões sofridas dentro da Granja Santana.

A agressão ocorreu em 7 de setembro de 2015. O vazamento das fotos, segundo especula Laura, teria ocorrido de forma proposital, como retaliação pela denúncia de Pâmela de ter sido agredida por familiares de Ricardo Coutinho: “O caso ainda não recebeu o devido tratamento do Ministério Público, no caso a Promotoria que trata de crimes relacionados à Lei Maria da Penha.”

Laura comemorou a decisão da Justiça: “Estou muito satisfeita com a decisão do Juizado Especial Criminal da Comarca da Capital e por nunca ter me retratado em nenhum dos processos movidos contra mim pela fábrica de processos com dinheiro público. Sororidade é fortalecer pactos contra o sexismo que diminui as mulheres e tenta desacreditá-las. eu fiz e faço a minha parte.”

Blog do Helder Moura

CONFIRA TRECHO DA SENTENÇA…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *