7 de dezembro de 2021

Na Paraíba, Bolsonaro critica governadores que adotam ‘passaporte da vacina’ e defende ‘liberdade’ de não receber vacina

Presidente Jair Bolsonaro

No discurso de inauguração do trecho da Transposição do Rio São Francisco em São José de Piranhas na manhã desta quinta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou a adoção em estados da lei que regulamenta o acesso de pessoas em estabelecimentos públicos mediante apresentação do cartão de vacinação contra Covid-19.

“Vocês sentiram na pele ano passado e ainda neste ano o que é ter um governador ou um prefeito que não tem qualquer amor ou responsabilidade com a liberdade com a exigência do passaporte da vacina. Nós jamais defenderemos a obrigatoriedade da vacina. Eu não tomei a vacina. Quem quiser seguir meu exemplo, que siga. Quem não quiser, que não siga. Isso é liberdade”, disse.

A declaração do presidente é uma crítica direta ao governador João Azevêdo (Cidadania) que sancionou a lei do ‘passaporte da vacina’ na Paraíba. A norma ainda aguarda regulamentação para entrar em vigor no estado.

Click PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *