7 de dezembro de 2021

MAIS 180 DIAS DE CALAMIDADE- A crítica do Cb Gilberto ao Governo e o silêncio dos governistas

A volta das atividades na Assembleia Legislativa tem gerado pautas e polêmicas na searas políticas e administrativas no estado.

Nesta terça-feira, dia 9, por exemplo, o deputado Cabo Gilberto Silva, líder da bancada de Oposição fez duras críticas ao Governo pelo publicação de um novo decreto de calamidade pública na Paraíba por mais 180 dias.https://cdn.metrike.com/ac40398c9ab0fa30e58095c6341f2126/index.html?clickTag=https%3A%2F%2Fads.metrike.com%2Fcl.php%3Fbannerid%3D84130%26zoneid%3D6448%26sig%3D5049e50376e67a4935e5c96aacaa5686b8308d3704107153325e09fd1e9649f4%26oadest%3Dhttp%253A%252F%252Fwww.al.pb.leg.br%252F

“Eu gostaria de alertar a população paraibana sobre o Decreto de mais 180 dias de calamidade pública por parte do governador João Azevedo, o Governo da Calvário . E ninguém fala é impressionante . Dois anos o Governo decretando estado de calamidade pública . Isso tá na boca do povo onde a gente chega. Que justificativa o Governo tem pra mais 180 dias de calamidade pública . Isso é um escárnio perante a opinião pública . E aqui não é um deputado de oposição ou situação . Temos que fazer nosso papel constitucional de defender o povo da Paraíba”, criticou o parlamentar.

Em seguida o deputado Cabo Gilberto Silva convocou a bancada do Governo na Assembleia para justificar

“É impressionante a cara de pau do governador de colocar mais 180 dias de calamidade pública no estado da Paraíba sem nenhuma justificativa.  Quero os senhores que defendem o Governo venham justificar esses 180 dias de calamidade pública por parte do Governo”.

O novo líder do Governo, deputado Lindolfo Pires, respondeu ao deputado Cabo Gilberto, afirmando sobre obras de creches no estado. O deputado Júnior Araújo também falou sobre obras no Sertão do estado. O deputado Tião Gomes falou de diversas obras e recursos na região de Areia.

Nenhum dos parlamentares, porém, tratou da justificativa para o decreto de calamidade. O silêncio dos governistas foi uma calamidade

Blog do Marcelo José

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *