De que lado você está?

Essa é a principal pergunta que os servidores públicos do estado tem feito nos últimos meses depois que a governadora Fátima Bezerra(PT) apresentou as intensões de taxar os servidores públicos ativos e inativos com alíquotas consideradas absurdas. A proposta apresentada pela governadora irá taxar os servidores com números bem acima da proposta aprovada pelo governo Bolsonaro na reforma da previdência do INSS. Traidora Muitos servidores e sindicalistas tem chamado Fátima Bezerra de traidora. A governadora foi eleita com o apoio maciço de servidores e sindicatos sob a falsa promessa de…

Read More

Cerca de 43% dos servidores aposentados e pensionistas do estado ganham até R$ 3 mil

Quase de 43% dos servidores aposentados e pensionistas do executivo estadual no Rio Grande do Norte ganham até R$ 3 mil reais. Os baixos salários, no entanto, não preocupam a governadora Fátima Bezerra, que enviou para Assembleia Legislativa do RN uma proposta de reforma que vai taxar os aposentados e pensionistas e confiscar o dinheiro dos mais pobres. Foi também a chefe do executivo que se negou a realizar reajuste salarial aos trabalhadores que há quase dez anos não recebem aumento, enquanto dava reajuste de 16,38% aos procuradores do estado, que já recebem acima de R$…

Read More

Bolsonaro é o terceiro chefe de governo mais popular do mundo nas redes sociais

Presidente brasileiro fica atrás apenas de Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, e do presidente dos EUA, Donald Trump Estadão Conteúdo O presidente Jair Bolsonaro é o terceiro chefe de governo mais popular do mundo nas redes sociais. O mandatário brasileiro fica atrás apenas de Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, e do presidente dos EUA, Donald Trump. É o que aponta o Índice de Popularidade Digital (IPD), elaborado pela consultoria Quaest a pedido do jornal O Estado de S. Paulo. A exemplo do presidente norte-americano, Bolsonaro utiliza as redes sociais para…

Read More

Presidente Bolsonaro deve fazer em breve mudanças em dois ministérios

Bolsonaro deverá trocar Educação e Turismo em breve Jair Bolsonaro não promoverá reforma ministerial, mas a hora dos ministros da Educação e do Turismo vai chegar, e sem demora, dizem políticos governistas, animados com a possibilidade de influenciarem na escolha dos substitutos. O presidente reconhece a lealdade dos ministros Abraham Weintraub e Marcelo Alvaro Antonio, mas a dupla virou um problema que lembra a situação de cadáveres insepultos. “Não tem prazo”, avisa importante líder, “mas esses dois vão rodar”. Apesar de usina de problemas, Weintraub agrada o presidente por encarar…

Read More

Direção do PT descarta possibilidade de aliança com DEM e PSDB 

O texto contradiz informações passadas antes por dirigentes petistas de que candidatos a prefeito estariam autorizados a receber apoio dos adversários históricos A direção nacional do PT divulgou uma nota, na madrugada deste sábado (8), na qual diz que DEM e PSDB, adversários históricos do partido, estão excluídos do possível arco de alianças para as eleições municipais deste ano. “A Executiva, reunida no Rio ontem, definiu que a politica de alianças do partido para as eleições municipais exclui os partidos que sustentam a política ultraneoliberal do governo Bolsonaro (DEM e…

Read More

Regina Duarte diz sim ao convite de Bolsonaro para assumir a Cultura

Apesar da sinalização positiva da atriz, a data para oficializar ainda não foi divulgada e a nomeação depende de publicação no Diário Oficial da União. Agência do Rádio O “casamento” de Regina Duarte com o presidente Jair Bolsonaro sairá do papel. A atriz aceitou o convite de Bolsonaro para assumir a Secretaria de Cultura do governo. Ela assume vaga deixada por Roberto Alvim, demitido após fazer discurso com referências nazistas. Apesar da sinalização positiva da atriz, a data para oficializar ainda não foi divulgada e a nomeação depende de publicação…

Read More

Bolsonaro transfere atribuições de Lorenzoni para Paulo Guedes

A idéia é esvasiar as atribuiões da Casa Civil, comandada por Ônix Lorenzoni O presidente Jair Bolsonaro decidiu transferir para o Ministério da Economia o Programa de Parceria e Investimentos (PPI), que estava a cargo do ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil). As informações são do jornalista Cláudio Humberto, do Diário do Poder. Sem o PPI, Lorenzoni fica praticamente sem atribuições e ainda mais enfraquecido, após o episódio em que seu secretário executivo e substituto eventual, Vicente Santini, foi afastado do cargo pelo presidente após requisitar um jato da FAB que…

Read More

Bolsonaro lidera intenção de voto para 2022 seguido por Lula, diz CNT/MDA 

Pesquisa indicou que 30,2% dos entrevistados não sabem ou não responderam em quem votariam Portal Uol O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lidera a intenção de voto para corrida presidencial de 2022, segundo pesquisa da CNT (Confederação Nacional do Transporte), encomendada ao instituto MDA. Ele, que tem 29,1% das intenções, vem seguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 17%. A pesquisa, divulgada nesta quarta-feira (22), indicou que 30,2% dos entrevistados não sabem ou não responderam em quem votariam para presidente, caso as eleições fossem hoje. “Natural [Bolsonaro…

Read More

Servidores do RN somam força com outros estados contra a Reforma da Previdência

Os servidores do Rio Grande do Norte (RN) vão se somar à luta com servidores de outros estados contra a Reforma da Previdência. Em várias regiões do país, o funcionalismo tem se mobilizado contra propostas de reformas apresentadas pelos respectivos governos, que atacam as aposentadorias dos trabalhadores, a exemplo do que fez o  governo federal do presidente Jair Bolsonaro(PSL). Na última semana a governadora do RN, Fátima Bezerra (PT), entregou uma proposta de Reforma da Previdência, com encaminhamento de pauta para a Assembleia Legislativa para o dia 16 de dezembro…

Read More

Novo partido não usará fundo eleitoral sancionado, diz Bolsonaro

Presidente participou de evento de apoio ao Aliança pelo Brasil Agência Brasil Novo partido criado pelo presidente Jair Bolsonaro, o Aliança pelo Brasil não usará a verba do fundo eleitoral de R$ 2 bilhões, sancionado ontem (17) à noite com o Orçamento de 2020. O presidente deu a declaração durante discurso em evento para mobilizar apoiadores da nova legenda, na Associação Comercial do Distrito Federal, em Brasília. O presidente justificou que a não sanção do fundo aprovado pelo Congresso poderia implicá-lo em crime de responsabilidade. Ele disse que sancionou o fundo eleitoral a…

Read More